Road Trip Mongólia


um tempo que pensávamos já não existir



Há mil anos, as estepes da Ásia Central eram dominadas por um povo nómada governado pela natureza. Os laços de sangue eram o centro de tudo e os animais a fonte e o fim de toda a riqueza. A ligação do homem ao seu cavalo era de tal forma umbilical que dispensava sela, numa relação que antecedia mesmo os primeiros passos de cada criança. A águia que caçava lobos fazia parte da família. A delicada e incondicional hospitalidade era apenas superada pela inclemente defesa do que era seu. E as cidades nunca ganhavam raízes, num perpétuo movimento ditado pelo Sol, a Lua e as Quatro Estações.


Há mil anos, como agora, na Mongólia que o desafiamos a conhecer! Não é apenas a viagem de uma vida: é a viagem que nunca pensou ousar fazer!


Porque ninguém procura o deserto em busca de companhia, chegamos a Ulan Bator quando o fluxo de turistas é quase exclusivamente feito no sentido inverso e o clima nos permite conhecer a Mongólia no seu estado mais puro. A visita à capital será no entanto curta, pois o magnífico Gobi espera-nos.


A bordo da nossa carrinha 4x4 de fabrico soviético, aspecto tosco, mas com alma de animal do deserto, partimos rumo ao sul. Por terras outrora habitadas por dinossauros e hoje preenchidas apenas por um completo vazio que liga a terra ao céu. Vamo-nos perder na imensidão do Gobi, descobrir o desfiladeiro onde o gelo se esconde do sol e do deserto e mergulhar no mar de dunas de areia de Khongoriin Els. Montados num autóctone camelo-bactriano, recriamos antigas rotas comerciais numa caravana pelas dunas, a partir das quais captamos, por fim, a especial relação entre o sol e o eterno horizonte do deserto em toda a sua plenitude.


Da aridez do Gobi para o vale do rio Orkhon, Património Mundial pela UNESCO e centro nevrálgico do antigo império Mongol sonhado e criado pelo lendário Genghis Khan. A cascata de Orkhon, uma impressionante queda de água formada há mais de 20.000 anos, o templo de Erdene Zuu, o primeiro e ainda hoje mais importante templo budista do país, e as ruínas de Karakorum, antiga capital do maior império que o Mundo alguma vez conheceu. Pelo meio, um desafio às frias noites das estepes num banho nas águas termais de Tsenher, debaixo de uma chuva de estrelas cadentes.


Mais a norte, nas margens dos magníficos lagos Therkiin Tsagaan e Khövsgöl, encarnamos o milenar espírito nómada deste povo. Partilhamos a Ger (típica tenda branca e redonda) de tradicionais famílias mongóis, casas itinerantes onde a águia nos protege o sono. Emprestamos as nossas mãos às suas lides quotidianas nos afazeres domésticos, pastoreio e treino das águias para a época de caça que se aproxima. Sentamo-nos à sua mesa para saborear um Khorkhog (tradicional churrasco mongol) e partilhar rituais que se confundem com o próprio tempo. E como verdadeiros mongóis, percorremos durante dias inteiros as margens e montanhas circundantes a cavalo, em busca dos melhores pastos e das mais espectaculares paisagens da terra do eterno céu azul!

ler mais

Próximas Datas

16 de Setembro a 4 de Outubro

Procura outras datas ou uma viagem feita à medida?
Contacte-nos



distância aprox. 2500km    

tipo. Aventura / Natureza / Cultural    

grau de dificuldade. elevado    

visto. não necessário

partida

Ulan Bator

duração

19 dias / 18 noites

preço

€ 1.497

Mongólia
viagem a um tempo que pensávamos já não existir

Destaques

  • Ulan Bator, as marcas do recente boom económico contrastam com uma estrutura marcadamente soviética e os subúrbios feitos de Gers (tradicionais tendas mongóis);

  • Percorra as infindáveis estepes centro-asiáticas, um vazio que nos preenche, uma ausência que nos completa e redefine o conceito de vastidão;

  • Bayanzag (Flaming Cliffs), imponente formação rochosa que é um dos principais locais paleontológicos em todo o Mundo;

  • Yolyn Am, um estreito e profundo desfiladeiro que o Sol não alcança e onde o gelo vive todo o ano, em pleno deserto;

  • Khongoriin Els, uma extensão de 12 km de largura e 100 km de comprimento de dunas de areia que se elevam até aos 300 metros, do topo das quais o pôr-do-sol é uma experiência inigualável;

  • Experiencie o fascínio e inclemência do deserto numa trekking de camelos pelas dunas de areia;

  • Cascata do rio Orkhon, a água como autêntica fonte e força de vida;

  • Mosteiro de Erdene Zuu, o templo dos 100 Tesouros, o mais importante e imponente templo Budista do país;

  • Karacorum, as ruínas da capital do maior império contínuo da história, que se esticou desde a Europa Central até ao Mar do Japão, ocupando mais de 1/5 de todo o território da terra;

  • Um banho nocturno nas águas termais de Tsenher, debaixo de uma escuridão apenas cortada pela lua e milhares de estrelas;

  • Lago Therkiin Tsagaan (O Grande Lago Branco), um lago de águas cristalinas, doces e frias com espectaculares vistas sobre a montanha circundante;

  • Encarne o ancestral espírito mongol e viva o dia-a-dia de uma tradicional família nómada. Assista nas lides domésticas, aprenda a fermentar o típico airag (leite de égua ou camelo) e preparar os Boortsog (bolachas locais), ajude na lida dos animais e na recolha de madeira para o fogo que lhe cozinhará um Khorkhog (churrasco mongol), para depois partilhar um serão de jogos tradicionais e tradições milenares;

  • Lago Khövsgöl, a pérola azul da Mongólia cujas águas cristalinas se estendem por entre montanhas ao longo de 136km de um cenário único;​

  • Percorrer a cavalo montanhas e margens de lagos sem fim durante dois dias, numa experiência que redefinirá a sua noção de liberdade;

  • Mosteiro de Amarbayasgalant, o Mosteiro da Feliz Tranquilidade, provavelmente o mais genuíno templo budista em toda a Mongólia. Assista à oração matinal, faça uma oferenda aos deuses da montanha e deixe-se contagiar pela tranquilidade deste templo e da paisagem que o rodeia.

alojamento

guesthouse / ger

nº de participantes

4 - 10

transporte

viatura particular / cavalo / camelo

Incluído


  • transporte desde e para o aeroporto de Ulan Bator

  • expedição de camelo (6 a 8 horas)

  • dia passado com uma tradicional família nómada local

  • acesso ás águas termais de Tsenher

  • expedição de cavalo com a duração de 2 dias (Nota: esta actividade não requer practica prévia de equitação)

  • entrada nos parques naturais e monumentos referidos no programa

  • alojamento em Guesthouse (2)

  • alojamento com pequeno almoço e jantar em tradicionais tendas locais (Gers) com tradicionais famílias nómadas locais ou acampamentos turísticos (16)

  • elemento da Organização / Líder outlines

  • tradutor Inglês Mongol

  • transporte em viatura privada em todas as deslocações necessárias à realização de todas as actividades previstas no programa com condutor local

  • welcome pack

  • seguro de viagem




Não incluído


  • alimentação não incluída no programa

  • actividades opcionais e entrada em locais não mencionados em "incluído"

  • taxas e despesas de carácter pessoal

  • voo para a Mongólia (valor indicativo - €1.000)

  • visto




Opcional


  • extensão Lago Uvs e Tsagaan Suvarga

  • extensão Linha Trans-Mongoliana e Trans-Siberiana

  • falcoaria

  • visitas a museus e outros monumentos não incluídos no programa

  • caminhadas e trekking

  • reportagem fotográfica de toda a viagem

  • suplemento single (não disponível ao longo de todo o percurso)






Informação adicional



população. 2,6 milhões    

capital. Ulan Bator    

área. 1.564.115,75km2    

idioma. Mongol    

hora local. GMT+8    

electricidade. 120v    

moeda. Tögrög






mais informações         reserva já







especialistas em alargar zonas de conforto